Covid-19: Evander quer do Governo medidas de redução do impacto econômico na população

Em decorrência das ações de saúde pública para evitar a pandemia de coronavírus em Mato Grosso do Sul e em todo o País, o deputado estadual Evander Vendramini (Progressistas) encaminhou eletronicamente requerimento à Assembleia Legislativa em que solicita ao Governo do Estado medidas para redução do impacto econômico-financeiro que o isolamento social está gerando na população de Mato Grosso do Sul.

Dentre as ações, está a suspensão temporária da cobrança do Imposto sobre Veículos Automotores (IPVA) das parcelas ainda não pagas, transferindo os vencimentos para o mês de julho de 2020, sem acréscimos. “Acredito que seja uma forma de dar um fôlego à população, sobretudo àqueles que sobrevivem de empregos informais, dando condições de enfrentarem as dificuldades geradas pela pandemia em curso”, explicou o parlamentar.

Evander solicitou ainda que o Detran-MS adote algumas medidas para conter a proliferação do coronavírus, como a suspensão de exames práticos e teóricos por 30 dias, bem como cursos e palestras. Outra sugestão é que o departamento faça, durante esse período, fiscalização educativa quando as infrações dos condutores de veículos forem decorrentes de CNH ou licenciamento vencido e de transferência de veículos.

“Essa é uma maneira de evitar aglomerações nos postos de atendimento, que também requerem atenção, como uso de máscaras e álcool gel pelos servidores e público. Por isso, em meu requerimento, propus a diminuição no fluxo de pessoas, redução do expediente, utilização prioritária dos meios eletrônicos para serviços de atendimento ao público, e outras medidas que acho imprescindíveis nesse período de quarentena”, destacou.

Conforme o deputado, além das ações listadas em seu requerimento, novas medidas devem ser estudadas diariamente de acordo com a evolução do quadro epidemiológico do Covid-19.


Crédito imagem: Divulgação Assessoria

Crédito matéria: Da Redação com Assessoria