Com toque de recolher, confira atividades liberadas no fim de semana em Campo Grande

O fim de semana já está aí e para comemorar o ‘sextou’ com consciência, é preciso ficar atento às normas para evitar a proliferação do coronavírus em Campo Grande. A Capital tem enfrentado um aumento expressivo de casos nas últimas semanas e por isso o toque de recolher foi retomado. 

O toque de recolher começa nesta sexta-feira (27) e vai da meia-noite às cinco da madrugada. O decreto prevê a proibição da “circulação de pessoas, exceto quando necessária para acesso aos serviços essenciais e sua prestação, comprovando-se a necessidade ou urgência”.

Ainda está em dúvida? Confira o que pode e o que não pode durante a pandemia em Campo Grande:

O fim de semana já está aí e para comemorar o ‘sextou’ com consciência, é preciso ficar atento às normas para evitar a proliferação do coronavírus em Campo Grande. A Capital tem enfrentado um aumento expressivo de casos nas últimas semanas e por isso o toque de recolher foi retomado. 

O toque de recolher começa nesta sexta-feira (27) e vai da meia-noite às cinco da madrugada. O decreto prevê a proibição da “circulação de pessoas, exceto quando necessária para acesso aos serviços essenciais e sua prestação, comprovando-se a necessidade ou urgência”.

Ainda está em dúvida? Confira o que pode e o que não pode durante a pandemia em Campo Grande:

Supermercados e farmácias

Como são serviços essenciais, os supermercados e as farmácias nunca chegaram a fechar durante a pandemia em Campo Grande. Os locais podem funcionar normalmente, de acordo com o horário do alvará. Os estabelecimentos que funcionam 24 horas por dia podem continuar abertos, mesmo com o toque de recolher.

Bares, restaurantes e boates

Para quem quer curtir a noite, é preciso ficar atento ao toque de recolher, que começa à meia-noite. Neste horário, os locais devem fechar as portas. Além disso, ainda é necessário uso de máscara sempre que possível e locais devem manter capacidade máxima de 50% da lotação.

Festas e eventos

Em Campo Grande, é permitida a realização de festas como casamentos e aniversários. Porém, é preciso seguir regras, como lotação máxima de 50% da capacidade, distanciamento de mesas, uso de máscara e disponibilidade álcool em gel. O consumo de alimentos e bebidas ficará restrito apenas aos espaços das lanchonetes e restaurantes existentes no local, que devem seguir as regras específicas de biossegurança. O toque de recolher também vale para estes locais.

Parques e praças

Depois de meses fechados, parques de Campo Grande reabriram. Os locais podem ser frequentados com as seguintes regras: uso de máscaras, distanciamento, disponibilidade de álcool 70% em locais estratégicos, materiais informativos sobre a prevenção ao coronavírus e controle de entrada de 50% da capacidade de público.

Cinema

Os cinemas também estão liberados em Campo Grande. O decreto que liberou a atividade permite o consumo de lanches dentro das salas, mas determina distanciamento de 1,5m entre poltronas (exceção para os espectadores que morem na mesma casa), uso de máscara, lotação máxima de 50% da capacidade e desinfecção das salas entre uma sessão e outra.

Clubes

Para quem quer aproveitar o calorão do fim de semana para se refrescar, os clubes também estão liberados na Capital. Fiscais devem garantir o distanciamento de 1,5m entre os frequentadores, controlar fluxo de usuários nos banheiros para evitar aglomeração e consumo de bebidas e alimentos liberados somente nos espaços de lanchonete ou restaurante dos clubes.


Crédito imagem: Divulgação

Crédito matéria: Mylena Rocha